2ª Via de Boleto
30/04/2019

Investimento em Tecnologia

Case de Sucesso: Investimento em Tecnologia.

A Segala’s Alimentos amplia a infraestrutura tecnológica e potencializa o plano de contingência do negócio.

Os dados de informação de uma empresa fazem parte dos principais ativos de negócio. O motivo é simples: a gestão hoje é cada vez mais digital. Por isso, a Segala´s Alimentos entende que é preciso investir em tecnologia para manter a continuidade e segurança do negócio, evitar que falhas e imprevistos causem danos às atividades, levem a perda de recursos ou a altos custos de restabelecimento de sistema.

Para evitar essas falhas ou paradas inesperadas, que impactam diretamente na produtividade e continuidade do negócio, os planos de contingência são fundamentais. Foi por isso que a empresa decidiu investir em tecnologia para suportar o alto volume de dados e informações geradas internamente, potencializar o processamento com mais segurança, visando também à expansão do negócio.

O analista de Tecnologia da Informação da Segala’s, Aguinolfo Rover, conta que o projeto surgiu com a necessidade de ampliar recursos prevendo o crescimento da empresa, que, com o investimento em tecnologia, tem planos de expansão. O projeto e as tecnologias implementadas contribuem para que a empresa continue em franco crescimento.

“Além disso, todo o faturamento da empresa é realizado à noite, e durante este período, a empresa não pode sofrer com falhas e problemas inesperados, então é preciso que tenha contingência e disponibilidade de TI dentro da companhia, para que tudo funcione perfeitamente, evitando que o cliente fique sem mercadoria, por exemplo”, conta.

Por meio de uma parceria com a blumenauense Indyxa, empresa especializada em soluções e serviços de tecnologia, a empresa ampliou o parque tecnológico e a infraestrutura das operações de TI, construindo dois Data Centers que garantem o sucesso do plano de contingência na empresa.

“Elaboramos uma análise dos equipamentos em operação, a partir disso, iniciamos o processo para encontrar a melhor solução, pensando também nos possíveis incidentes e problemas que a empresa poderia sofrer”, comenta Aguinolfo.

Conforme explica Rover, o investimento em tecnologia é primordial para a continuidade e crescimento do negócio e a empresa enxerga a tecnologia não como um gasto, mas sim, como um aliado para continuar avançando no mercado.

A solução implementada foi composta de um conjunto de hardware e software espelhado para 2 Data Centers, replicando os dados em real time e preparada para ser acionada à qualquer instante, com um tempo de parada máxima de 30minutos.  Rover também comenta que, com a implementação do segundo Data Center, a empresa tem a alternativa de, se alguma falha ou incidente acontecer, migrar os dados e informações de um Data Center para o outro com o menor impacto possível à sua operação.





Cadastre-se e receba as novidades